Abertura Ponziani

Foi a abertura jogada na partida Ian x Osvaldo no Torneio de Xadrez da Fábrica de Cultura da Vila Nova Cachoeirinha no dia 28/08/2015.

O Rodrigo Machado relata desconforto em jogar de pretas contra a Abertura Ponziani. Apesar do relativo sucesso contra ela, não se sente seguro.

Pesquisa nos bancos de dados, indica que tem sido pouco usada entre os jogadores mais fortes. Porque? Existe algum defeito especifico que torne a abertura pouco usada?

A idéia é atacar o centro com 4. d4, procurando colocar os peões brancos em d4 e e5 construindo um bom centro para as brancas.

Alternativamente, a diagonal a4-d1 aberta para as brancas pode ser explorada! Em conjunto com a diagonal a6-f1 com o Bispo podem gerar bons ataques.

O “Practical Chess Openings” de Reuben Fiine de 1948 já indicava a Abertura Ponziani como antiga e pouco usada pelos grandes mestres.

O lance 3. c3 não ameaça imediatamente o centro, dando oportunidade para as pretas contra-atacarem no centro, frustrando os planos das brancas. Reuben Fine cita três principais terceiros lances para as pretas.

3… d5

Por esta linha, atingimos a Variante Leonhardt, como na partida exemplo, com as Pretas jogando com razoável conforto.

 

 

3… Nf6

 

3… Nfe7

Este um tanto inusitado, mas dá boas chances de luta para as pretas.

 

 

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *